Notícia
Postada em 04/08/2016 às 13:32 Nota Oficial
A Federação Cearense de Futebol, através da Diretoria Jurídica, informa que a Justiça do Trabalho, ao analisar medida liminar requerida pelo Sindicato dos Atletas que questionava o limite de jogadores nascidos antes de 1992 na Taça Fares Lopes 2016, acatou argumentação da FCF no sentido de ser a Justiça Desportiva o órgão competente para apreciar tal caso.

O SAFECE questionava o artigo 5º do Regulamento Específico da Taça Fares Lopes, que regulamenta a necessidade de cadastro dos atletas frente à Diretoria de Registros e Transferências da CBF (BID-e), data limite para registro de contratos e limite da quantidade de jogadores nascidos antes de 1992 que pudessem ser relacionados em cada partida (seis jogadores).

A FCF argumentou, entre outras matérias, que a Justiça competente para apreciar tal demanda é a Desportiva, em razão de se tratar de questão atinente à competição, não à relação de trabalho.

A decisão da Justiça do Trabalho, acolhendo totalmente a argumentação da Federação, vai ao encontro da posição adotada pela Entidade de Administração do Desporto de privilegiar e valorizar a Justiça Desportiva, órgão cuja competência para apreciar questões atinentes ao desporto encontra eco na Constituição Federal.

Diretoria Jurídica da Federação Cearense de Futebol

Competições









    FCF Diretoria Localização CBF Atletas por Clube Boletos BID-E Ficha do Atleta DOWNLOADS 2019 2018 ARBITRAGEM Quadro Regras TJDF CLUBES 1ª Divisão 2ª Divisão 3ª Divisão Não Profissionais Inativos Ligas Campeões Ranking CAMPEONATOS Série B 2019 Série C 2019 Taça Fares Lopes 2019 Sub/20 2019 Sub/17 2019 Sub/15 2019 Feminino sub/20 2019 IMPRENSA Notícias Imagens Vídeos FIQUE EM CONTATO Ouvidoria Links Youtube Twitter RSS  
 
Federação Cearense de Futebol - Rua Paulino Nogueira, 77, Benfica - (85) 3206.6500 - ouvidor@futebolcearense.com.br