Notícia
Postada em 20/11/2014 às 15:28 Temporada de 2014 marca reação de clubes cearenses que buscavam recuperar espaço
O ano de 2014 foi um ano de reviravolta para algumas equipes do futebol cearense. Icasa, Itapajé, Maranguape e Uniclinic conseguiram se reerguer e voltaram a disputar competições que não participavam há algum tempo.

Uniclinic e Itapajé

Uniclinic e Itapajé participaram do Campeonato Cearense Série C em busca de melhorarem suas situações no futebol local. Dos quatro participantes, a Águia da Precabura e o clube da Região Norte do Estado foram os finalistas e disputarão a Série B do ano que vem. Além de um estádio totalmente reformado, o Uniclinic conquistou mais um título estadual. O torcedor do Itapajé também foi beneficiado, pois o Vieirão foi liberado depois de três anos sem jogos.

Esse foi o segundo título estadual da equipe da Lagoa Redonda. O primeiro havia sido no longínquo ano de 1998, quando a Águia foi campeã do Campeonato Cearense Série B. A equipe da capital cearense voltará a disputar a segunda divisão do estadual dois anos após ter sido rebaixada da mesma.

Já o Itapajé voltará a disputar a Série B do Cearense após sete anos. A última vez que a equipe da Região Norte atingiu tal nível foi no ano de 2008, onde acabou na 9ª colocação, sendo rebaixada para a terceira divisão. No ano anterior, a equipe já havia sido rebaixada da Série A para a Série B. O Itapajé vai tentar repetir o feito do ano 2000, onde sagrou-se campeão do Campeonato Cearense Série B, conseguindo assim, disputar a primeira divisão do futebol alencarino.

Maranguape

O Maranguape voltará a disputar a elite do futebol cearense após cinco anos. Isso se deve ao fato do clube ter sido vice-campeão da Série B este ano. A última vez que o Gavião da Serra disputou a primeira divisão do estadual foi no ano de 2010, onde acabou rebaixado para a segunda divisão.

O clube da Região Metropolitana nunca foi campeão estadual, mas já conseguiu feitos notáveis a nível estadual. Além do vice-campeonato desse ano, o Maranguape acabou na 2ª posição do Cearense Série B por mais três vezes, nos anos de 2001, 2005 e 2008. Além disso, o Gavião já foi duas vezes 3º colocado da Série A do Cearense, nos anos de 2002 e 2003, logo após conseguir o acesso.

Icasa

Diferente dos outros três, a volta por cima do Icasa é a nível nacional. O Verdão do Cariri venceu a Taça Fares Lopes pela primeira vez e ganhou o direito de disputar a Copa do Brasil do próximo ano.

Essa será a quarta vez que o Icasa disputará a competição nacional. Nas outras três vezes, o clube do Cariri ganhou a vaga por ter sido vice-campeão cearense. O Verdão não disputa a Copa do Brasil desde 2009, onde foi eliminado nas Oitavas de Final do certame, sendo eliminado pelo Vasco.

Manuella Viana / Brenno Rebouças
Assessoria de Comunicação da Federação Cearense de Futebol
(85) 32066505 / 91384545
imprensa@futebolcearense.com.br

Competições









    FCF Diretoria Localização CBF Atletas por Clube Boletos BID-E Ficha do Atleta DOWNLOADS 2020 2019 ARBITRAGEM Quadro Regras TJDF CLUBES 1ª Divisão 2ª Divisão 3ª Divisão Não Profissionais Inativos Ligas Campeões Ranking CAMPEONATOS Série B 2020 Ypioca 2020 Sub/13 2019 Feminino 2019 Copa Uninta Sub/19 2019 Feminino sub/20 2019 Master 50 2019 IMPRENSA Notícias Imagens Vídeos FIQUE EM CONTATO Ouvidoria Links Youtube Twitter RSS  
 
Federação Cearense de Futebol - Rua Paulino Nogueira, 77, Benfica - (85) 3206.6500 - ouvidor@futebolcearense.com.br