Notícia
Postada em 12/08/2014 às 16:30 Hegemonia da Taça Fares Lopes pertence ao interior do Estado
A disputa da Taça Fares Lopes chega ao seu quinto ano consecutivo com uma peculiaridade: a soberania dos clubes do interior. Nas quatro edições anteriores eles se sobressaíram ante os clubes da capital. A melhor colocação de uma equipe da capital no torneio foi em 2010, ainda na primeira edição, quando o Tiradentes ficou na 3ª posição. Desta vez, três clubes têm a missão de quebrar esse tabu.

Ceará, Ferroviário e Tiradentes são os representantes da capital nesta edição do certame. Os dois últimos jogam a primeira fase no mesmo grupo (A1), enquanto o Ceará integra o grupo A2.

Os três já tiveram chances de quebrar este “tabu” em outras edições da Taça Fares Lopes. O Ceará é o que acumula menos participações na competição. O Vovô disputou a taça em 2010 e está de volta quatro anos depois. Para o Tiradentes, será a terceira vez. O Tigre da Polícia Militar esteve também nos certames de 2011 e 2013. O campeão de participações, entretanto, é o Ferroviário. Em cinco anos de Taça Fares Lopes, o Tubarão participou de todas as edições.

A capital cearense, no entanto, teve outros representantes também. Fortaleza, Uniclinic, América, Terra e Mar e Maguary participaram da Taça Fares Lopes em pelo menos uma oportunidade, mas ninguém chegou mais perto que o Tigre em 2010.

Histórico

Nos dois primeiros anos de Taça Fares Lopes, o domínio foi mais específico, não apenas dos clubes do interior, mas de um clube do interior apenas, o Horizonte. O Galo do Tabuleiro foi bicampeão do torneio, nos anos de 2010 e 2011, Icasa e Guarani foram os vice-campeões, respectivamente.

Em 2012, a final do ano anterior foi reeditada, mas com um novo campeão. Dessa vez, o Guarani levou a melhor sobre o Horizonte e se tornou campeão da Taça Fares Lopes. O Guarany de Sobral ficou na 3ª posição pelo segundo ano seguido.

Em 2013, após ficar duas vezes com o 3º lugar, o Guarany de Sobral chegou à final do campeonato mas não conseguiu ser campeão. O Barbalha levou o título e se tornou a segunda equipe do Cariri a levantar o caneco. O Icasa ficou na 3ª posição.

Manuella Viana / Brenno Rebouças
Assessoria de Comunicação da Federação Cearense de Futebol
(85) 32066505 / 91384545
imprensa@futebolcearense.com.br

Competições









    FCF Diretoria Localização CBF Atletas por Clube Boletos BID-E Ficha do Atleta DOWNLOADS 2019 2018 ARBITRAGEM Quadro Regras TJDF CLUBES 1ª Divisão 2ª Divisão 3ª Divisão Não Profissionais Inativos Ligas Campeões Ranking CAMPEONATOS Série A 2020 Série C 2019 Sub/13 2019 Feminino 2019 Copa Uninta Sub/19 2019 Feminino sub/20 2019 Master 50 2019 IMPRENSA Notícias Imagens Vídeos FIQUE EM CONTATO Ouvidoria Links Youtube Twitter RSS  
 
Federação Cearense de Futebol - Rua Paulino Nogueira, 77, Benfica - (85) 3206.6500 - ouvidor@futebolcearense.com.br